Teste Teste Teste Teste

Quem foi que disse que ser Real não é ser feliz?

quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

Em busca de novos rios


"Coveiros gemem tristes ais
 E realejos ancestrais
 Juram que eu não devia mais
 Querer você
 Os sinos e os clarins rachados
 Zombando tão desafinados
 Querem, eu sei
 Mas é pecado eu te perder
 É tanto, é tanto
 Se ao menos você soubesse...
 Te quero tanto! (...)"

(Tanto (I want you), Versão: Francisco Amaral)


Após algum tempo ausente, voltamos às nossas matérias! E para começar com o pé direito, ainda nesse primeiro mês de 2020, temos dicas especiais fora da cidade e do estado do Rio de Janeiro!
Emília, nossa editora, aproveitou o feriado municipal do dia 20 de janeiro, dia de São Sebastião, padroeiro da cidade do Rio de Janeiro, para dar aquela escapada rumo às Minas Gerais. O destino escolhido, a cidade de São João Del Rei, se revelou muitíssimo acertado, como se verá nas dicas!

segunda-feira, 8 de abril de 2019

Não sou daqui

"Quero me encontrar, mas não sei onde estou
 Vem comigo procurar algum lugar mais calmo
 Longe dessa confusão e dessa gente que não se respeita
 Tenho quase certeza que eu não sou daqui!"

(Meninos e meninas, Dado Villa-Lobos / Marcelo Bonfá / Renato Russo)


Há muito tempo não escrevo aqui no blog. O foco nas externas e a minha falta de tempo fizeram com que a atividade por aqui ficasse parada por longo tempo, embora a página no Facebook e, mais recentemente, o perfil no Instagram tenham bastante movimento.
Devo confessar que me encontro, já há algum tempo, numa desilusão profunda em relação à vida no Rio de Janeiro. Viver aqui não tem feito bem à saúde física, mental e emocional de ninguém, e eu não fui excluída dessa conta. Mas, como ainda não consegui nenhum meio de me sustentar fora daqui para ir embora, por enquanto, é aqui que eu preciso estar e tentar, dentro das minhas possibilidades, viver melhor.

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Vamos sumir para o Rio da Prata?

“Vem, anda comigo, pelo planeta, vamos sumir!
Vem, nada nos prende, ombro no ombro, vamos sumir!
(...)
Não importa  que os vikings queimem as fábricas do Cone Sul
virem barris de bebidas no Rio da Prata...
(...)” (Loucos de Cara, Vitor Ramil/Kleiton Ramil)